Terça-feira, 24 de Julho de 2007

Inner City em exposição até 16 de Setembro

 

A exposição Inner City, de Arnie Zimmerman, vai estar em exibição no Museu da Electricidade até 16 de Setembro.

 

A exposição “Inner City”, na qual os vazios urbanos adquirem o sentido e a dimensão de metáforas da condição humana, resulta de um demorado trabalho conjunto de Arnie Zimmerman com Tiago Montepegado. No seguimento da colaboração com o arquitecto Tiago Montepegado, iniciada com a exposição “The Burden Fool and Other Stories” (Galeria Ratton, 2005), o escultor norte-americano começou a trabalhar “numa instalação de figuras e formas arquitectónicas abstractas mais elaborada, centrando a narrativa na cidade e nos seus habitantes.”

 

 

Arnie Zimmerman: “Comecei por construir um grupo de formas rectangulares simples e ocas com uma estrutura de paredes interiores. Estas estruturas tomam a forma de edifícios, estradas, muros, etc., evocando o ambiente urbano construído, embora sem pertencerem, do ponto de vista estilístico, a um tempo histórico específico. (...) A imposição de uma dimensão constante a todas as partes cria uma forte correspondência com a regularidade do mapa das ruas de Manhattan e com a forma como a maioria dos edifícios se apresentam paralelos ou perpendiculares aos “blocos” da grelha. (...) Muitas das personagens que vivem na minha cidade são os trabalhadores, “os tipos da rua”, os sem-abrigo, os que não pertencem à cidade mas que estão connosco. As perguntas que faço através da minha obra são: quem é importante na cidade? Quem faz diferença? Quem contribui para uma sociedade civilizada? Como defino a beleza e a fealdade numa cidade como Nova Iorque? Como é que as características externas dos moradores de Nova Iorque revelam as almas dos habitantes da cidade? Em que medida sou eu diferente dos outros residentes da cidade?”

 

Tiago Montepegado: “Inner City é uma instalação assumida no tempo em que acontece e pretende construir um território de interrogações. Um espaço em que o visitante se torna obrigatoriamente participante quando levado a atravessá-lo. É um conjunto de paralelos. Nunca se encontram. Nunca se cruzam e criam entre si um vazio ocupado por todos nós.

Não existem cidades assim. Ou serão todas as cidades assim? Será que só conseguimos ver o outro, quando vamos à janela e olhamos para o outro lado da rua?

Inner City acontece em Lisboa, em Nova Iorque, ou noutra qualquer cidade. Percorrer Inner City é uma demorada viagem através de linhas espessas. (...) Inner City é um conjunto de momentos rápidos, instantâneos, captados e moldados sem cor, ou com dois lados. São barros feitos casas, feitos fábricas, pontes sem princípio nem fim.”

 

imagens (no topo): Luís Leite

 

publicado por trienaldelisboa às 14:33
permalink | comentar

Exposição Siza Vieira prolongada até dia 9 de Agosto

 

A Exposição Monográfica Siza Vieira, que está patente no Pólo III da Trienal de Arquitectura de Lisboa, vai ser prolongada até ao próximo dia 9 de Agosto.

 

The monographic exhibition dedicated to the work of Siza Vieira that is located in the Electricity Museum, Pole III of the Lisbon Architecture Triennale, will be on display until August 9th.

 

imagem: Lígia Ribeiro

 

publicado por trienaldelisboa às 14:23
permalink | comentar
Segunda-feira, 9 de Julho de 2007

Álvaro Siza no Museu da Electricidade

 

A Exposição Monográfica dedicada à obra de Siza Vieira continua presente no Museu da Electricidade. É uma mostra de quase quatro dezenas de obras, construídas ou em projecto, apresentadas através de um vasto conjunto de materiais expositivos, desde esquissos, fotografias, desenhos de projecto, maquetas. Traça-se assim o “diário de bordo” do arquitecto do Porto, numa tentativa de revelar a sua personalidade e trajecto profissional. Inevitavelmente, destacam-se a Igreja de Santa Maria de Marco do Canavezes, o Museu de Serralves, a Piscina das Marés de Leça da Palmeira, bem como os recentes projectos do Pavilhão de Exposições em Anyang, da Adega Mayor e do Complexo Desportivo em Cornellà. A merecer ainda atenção particular uma projecção vídeo presente na parte final do percurso reúne uma compilação de várias filmagens com o arquitecto no seu atelier.

O Pólo III da Trienal está aberto até ao dia 27 de Julho, data em que decorrerá a entrega do Prémio Trienal, cerimónia que contará com a presença do próprio arquitecto Álvaro Siza Vieira.

 

 

 

 

The Monographic Exhibition dedicated to the work of Siza Vieira is located in the Electricity Museum, in Lisbon. An extensive display that includes sketches, technical drawings, miniature models and photographs, represents nearly forty projects that outline the work method of the architect born in Porto. His charismatic personality and professional style are represented in a vast number of materials related to the already built works and the architect’s projects. Featured works include the Church of Santa Maria de Marco de Canaveses, the Museum of Serralves, and the Leça da Palmeira Seaside Swimming Pool, as well as the recent projects of the Anyang Pavilion, the Mayor Cellar in Campo Maior and the Llobregat Sports Park in Cornellà.

 

Pole III of the Triennale will be open until July 27th.

 

publicado por trienaldelisboa às 01:52
permalink | comentar
Quinta-feira, 5 de Julho de 2007

Cordoaria Nacional

 

Prossegue no Cordoaria Nacional, Pólo II da Trienal de Arquitectura, a exposição “Áreas Metropolitanas – Século XXI”. Um grande espaço que oferece o retrato variado de projectos que diversas autarquias têm desenvolvido nas grandes áreas metropolitanas do país. Na sua enorme diversidade, traça-se o roteiro de intervenções qualificadas cuja dimensão pública tornou notáveis: requalificação de áreas ribeirinhas e espaços fabris, centros históricos, parques públicos, áreas periféricas e outras operações de escalas variáveis.

Complementarmente, apresenta-se o espaço “Promotores” e ainda a exposição “A Explosão da Cidade”, esta última dando a conhecer um vasto conjunto de transformações territoriais nos países da Europa do sul.

O Pólo II da Trienal está aberto até ao dia 28 de Julho.

 

 

 

“Metropolitan Areas – XXIst Century” is the main exhibition featured in Cordoaria Nacional, Pole II of the Lisbon Architecture Triennale. This presentation attempts to reveal a wide set of works and projects which municipalities and territory-managing entities are currently developing for expectant areas, the “urban voids” in the Metropolitan areas of Lisbon and Oporto.

Additionally, visitors can attend two complementary exhibitions: The “Promoters” space and “The Explosion of the City”; the last of which analyzes large-scale territorial transformations occurred in Southern Europe nations in recent years.

Pole II of the Triennale will be open until July 28th.

 

publicado por trienaldelisboa às 21:53
permalink | comentar | ver comentários (4)
Sábado, 16 de Junho de 2007

As muitas exposições da Trienal

 

Foi ontem inaugurada a exposição monográfica dedicada a Álvaro Siza, que estará patente no Museu da Electricidade até ao dia 27 de Julho. Encontram-se assim abertos ao público todos os Pólos da Trienal de Arquitectura.

 

O Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações, constitui o ponto de partida para o longo percurso das muitas exposições da Trienal. Ali se encontram seis exposições temáticas, distribuídas sequencialmente, segundo a instalação compositiva da autoria de Ricardo Bak Gordon.

A Exposição Países abre o roteiro com uma mostra diversificada da produção arquitectónica de 12 países: Alemanha, Canadá, Chile, China, Eslovénia, Espanha, França, Holanda, Irlanda, Japão, México e Moçambique. Uma interessante visão de contrastes, por vezes marcados pela irreverência, outras pela complexidade de factores e contingências locais, mas sempre exemplares da emergência de novos desempenhos arquitectónicos no contexto global.

A Exposição Portugal faz o contraponto do percurso da arquitectura portuguesa e a sua trajectória perante a mudança de paradigmas políticos – do Estado Novo à plena integração no contexto Europeu.

Entre o exercício prospectivo da Exposição Paisagem – Lugares e Transferência – num olhar especulativo das implicações resultantes da eventual desocupação da extensa área actualmente ocupada pelo Aeroporto da Portela, às propostas provocadoras da Exposição Intervenções na Cidade, passando ainda pelo dinamismo dos projectos que integram a Exposição Universidades, oferece-se ao visitante uma visão alargada sobre um panorama de produção arquitectónica enquanto espaço de complexidade e integração, uma plataforma para a reflexão sobre as potencialidades e os problemas urbanos do nosso tempo, numa fusão de dinâmicas locais e globais.

Em destaque, a Exposição Arquitectos Convidados – Nascidos nos Anos 50 – que coloca em presença cinco autores de percurso profissional consolidado mas cujas produções se revelam diversas, se não mesmo contraditórias. Figuram espaços expositivos de Zaha Hadid, Mansilla+Tuñón, João Luís Carrilho da Graça, Eduardo Souto de Moura e Diller&Scofidio+Renfro (esta última com a apresentação do projecto de recuperação da High Line, incluindo a notável maquete da proposta que esteve em exposição no MOMA – Museu de Arte Moderna em Nova Iorque).

 

Daremos a conhecer, nos próximos dias, os restantes pólos da Trienal.

 

 

The many exhibitions of the Triennale

 

Álvaro Siza’s monographic exhibition is officially open and will stand in the Electricity Museum until July 27th. The four primary Poles of the Lisbon Architecture Triennale are therefore open to the public.

The Portugal Pavilion, located at the centre of today's Parque das Nações, in the eastern part of Lisbon, is the starting point to the many exhibitions of the Triennale. The Pavilion holds six thematic exhibitions distributed through a sequence of internal spaces specifically designed by Ricardo Bak Gordon.

The Countries Exhibition is the point of departure, featuring a diverse presentation of the architectural production of 12 countries: Germany, Canada, Chile, China, Slovenia, Spain, France, Holland, Ireland, Japan, Mexico and Mozambique. A view of interesting contrasts, often noticeable by their irreverence, others by a complexity of factors and local contingencies, but always exemplary of new architectonic performances in the global context.

The Portugal Exhibition presents the recent progression of the contemporary Portuguese architecture, in a trajectory throughout the political and social changes of its European situation.

From the prospective exercise of the Landscape Exhibition – an exploratory view of possible urban transformations in an extensive area currently occupied by the Lisbon Airport – to the provocative proposals awarded by the Competition Interventions in the City, and the projects featured in the Universities Exhibition, the viewer is rewarded with an extensive panorama of architectural production as a platform for reflection on the complex urban issues of our time, in the balance between local and global dynamics.

A final word to the Guest Architects Exhibition – Born in the 50’s – that gathers five architects from different cultural atmospheres. This exhibition features projects by Zaha Hadid, Mansilla+Tuñón, João Luís Carrilho da Graça, Eduardo Souto de Moura and Diller&Scofidio+Renfro (presenting the High Line project, including the remarkable large-scale model of the proposal that was displayed in MOMA).

 

External views of the Portugal Pavilion, at the top: Pedro Silva

 

publicado por trienaldelisboa às 11:25
permalink | comentar | ver comentários (1)
Domingo, 22 de Abril de 2007

Exposição Ideias D’Ouro


 

A Exposição Ideias D’Ouro é inaugurada já amanhã, dia 23, pelas 18 horas, no Auditório Infante D. Henrique, em Leça da Palmeira.

Esta exposição reúne as 70 propostas apresentadas no Concurso de Ideias para a Requalificação do Estaleiro do Ouro e Zona Envolvente. O primeiro prémio foi atribuído aos arquitectos Isabel Carvalho e Tiago Vidal, pelo seu projecto Respirad’ouro.

 

«Um “órgão construído por uma cisterna fechada que comunica com a água do rio por uma janela mergulhada e, com a atmosfera, por dois conjuntos de tubos bizelados” que, durante a maré cheia enchente e durante a maré vazante, faz soar um conjunto de tubos – esta a ideia de base do projecto que mereceu o 1º Prémio do Concurso de Ideias que a APDL promoveu com a colaboração da Secção Regional Norte da Ordem dos Arquitectos e a Câmara Municipal do Porto, por ocasião da Trienal de Arquitectura de Lisboa.

Este Respirad’ouro irá, de acordo com os seus autores, “consagrar o sítio do Estaleiro, transformando a força viva das marés em sons que lembram por vezes um órgão de catedral, um canto de aves ou um vapor à distância”. O projecto vencedor é parte integrante da participação da APDL no Núcleo AMPXXI, que estará patente no Pólo II da Trienal (Cordoaria Nacional).

Bruno Filipe Alves Leitão e Cadilhe Fontoura Arquitectos, foram os vencedores dos 2º e 3º prémios, respectivamente. O Júri do Concurso atribuiu ainda sete menções honrosas.

O antigo Estaleiro do Ouro é uma estrutura secular que funcionou como actividade económica até ao ano de 2005. Destinava-se à construção e reparação de embarcações em madeira, representando uma das últimas marcas da actividade portuária na margem do Douro que, rapidamente, após o abandono da actividade, se transformou num foco de degradação física e ambiental.» [via trienaldelisboa.sapo.pt]

 

A Exposição Ideias D’Ouro pode ser visitada até ao dia 23 de Maio.

 

publicado por trienaldelisboa às 21:12
permalink | comentar
Domingo, 15 de Abril de 2007

Exposição Países



No site da Trienal podem ser consultados os detalhes das diversas exposições em preparação que vão animar os meses de Junho e Julho deste ano. Entre as novidades, o destaque mais recente vai para a Exposição Países.

Esta exposição traça um olhar selectivo a uma amostra de países com desempenhos arquitectónicos paradigmáticos no domínio da intervenção urbana. Apresentam-se assim exemplos de experimentação diversa, estratégias de transformação do tecido das cidades capazes de servir de referência no contexto global. Realidades distintas mas importantes para a compreensão de problemas também presentes na realidade urbana portuguesa.

Estão previstos os seguintes temas e participações:

Alemanha - O Vazio Urbano como Caixa Negra

Canadá - Espaços Alienados / Espaços Estranhos / Os Rios Urbanos do Canadá

Chile - Nudez Geológica: Arquitecturas Do Sul

China - O Preenchimento Urbano como estratégia de rejuvenescimento dos Vazios Urbanos

Eslovénia - Eslovénia avança

Espanha - Ecobarrios / Balance, Reallocation and Local Development

França - Massa Crítica

Holanda - Implosões Urbanas

Irlanda - “Da Linha à Superfície” / Vazio Urbano / Cidade Alargada

Japão - Revolução de Tóquio

México - México

Moçambique - Moçambique / Vazios Urbanos

Esta exposição estará patente no Pólo I da Trienal, com sede no Pavilhão de Portugal.

 

Destaque ainda para uma outra novidade – a vasta exposição sobre a obra de Álvaro Siza que será apresentada no Museu da Electricidade. Sob o tema O Diário de Bordo de Siza Vieira estarão reunidos num mesmo espaço filmes, desenhos e fotografias que darão a conhecer melhor o método de trabalho do arquitecto portuense.

Esta exibição será comissariada pelo arquitecto Carlos Castanheira e patrocinada pela Fundação EDP, reunindo um vasto espólio de materiais relacionados com as suas obras já construídas e conteúdos inéditos de projecto, entre esquissos, desenhos e maquetas.

Mais informações sobre estas e outras exposições na página oficial da Trienal.

 

imagem: Fernando Guerra | FG+SG - Fotografia de Arquitectura

 

publicado por trienaldelisboa às 22:23
permalink | comentar


trienal de arquitectura de lisboa
lisbon architecture triennale

_
_

sobre / about

A Trienal de Arquitectura de Lisboa, a realizar entre 31 de Maio e 31 de Julho, pretende constituir-se como um “Festival” de arquitectura participado pela comunidade local para atrair um público internacional (mais informação em trienaldelisboa.sapo.pt).
O Blogue da Trienal dará uma cobertura actualizada e participada de todos os acontecimentos do evento.

_
The International Architecture Triennale of Lisbon 2007, happening between May 31 st and July 31 st, aims to become a ‘Festival’ of architecture, participated by the local community and able to attract an international audience (find more in trienaldelisboa.sapo.pt).

destaques / highlights


_

_
Vazios Urbanos / Urban Voids
Catálogo expositivo, Caleidoscópio.
Exhibition catalog, Caleidoscópio.

_

_

_
Espaço / Space
Música de Mário Laginha. Em concerto, Culturgest, 26 de Junho. CD já à venda.
Music by Mário Laginha. In concert, Culturgest, June 26th. CD out now.

notícias / news (pt)

_
Vittorio Gregotti recebe Prémio Trienal Millenniumbcp 2007-07-30
_
Encerramento da Trienal no exterior do Pavilhão 2007-07-27
_
Outdoors das Intervenções da Cidade já estão na rua 2007-07-27
_
Farol Museu de Santa Marta inaugura amanhã 2007-07-26
_
Cavaco Silva entrega Prémio Trienal Millenniumbcp 2007-07-25
_
Lisboscópio na Gulbenkian até 12 de Agosto 2007-07-23
_
Ordenamento do território em debate 2007-07-23
_
Exposição Siza Vieira prolongada até dia 9 2007-07-23
_
Arte Pura cancela apresentação 2007-07-19
_
Aires Mateus, Frederico Valssassina, Gonçalo Byrne e Nuno Mateus apresentam projectos imobiliários 2007-07-16
_
Princesa do Luxemburgo visita Trienal 2007-07-17
_
Projectos de empresas no Fórum Trienal 2007-07-16
_
Luca Barbero na Gulbenkian 2007-07-16
_
Conferência sobre Médio Tejo no Fórum Trienal 2007-07-16
_
Dia do Japão na Trienal 2007-07-14
_
Intervenções na Cidade no Fórum e na rua 2007-07-14
_
Trienal em Cascais 2007-07-13
_
Trienal grátis no dia 15 2007-07-12
_
Resultados Concurso de Ideias Galp 2007-07-06
_
Desertificação urbana no Fórum Trienal 2007-07-06
_
Livro de Rui Tavares no Lounge Trienal 2007-07-06
_
13 de Julho: Dia da França na Trienal 2007-07-05
_
Palestras brasileiras na Trienal 2007-07-03
_
Prémios e debates no Fórum Trienal 2007-07-02
_
Arquitectura virtual a 4 Julho 2007-07-02
_
A caminho do país das maravilhas 2007-07-02
_
Candidatos à CML visitam Trienal 2007-07-02
_
Visita à Trienal a partir do Porto 2007-07-02
_
Trienal promove visitas guiadas 2007-06-28
_
Uma Bolha de Neve no Pavilhão de Portugal 2007-06-28
_
Vencedores do Concurso Trienal Universidades 2007-06-27
_
Nunes Correia na Trienal de Lisboa 2007-06-27
_
Festa de Encerramento dos Encontros A&M 2007-06-26
_
Frentes de Coesão no Fórum Trienal 2007-06-26
_
Scape na Culturgest 2007-06-25
_
Frentes de Terra no Fórum Trienal 2007-06-21
_
Entrega dos prémios APDL 2007-06-20
_
Fórum Trienal inaugura hoje 2007-06-20
_
Paulo Mendes da Rocha na Trienal 2007-06-19
_
Teatro, música, cinema e conferências no Dia da Irlanda 2007-06-18
_
Rafael Toral na Gulbenkian 2007-06-18
_
Resultados Concurso Núcleo Universidades 2007-06-18
_
Visitas guiadas à Trienal 2007-06-18
_
Candidatos à CML visitam Trienal 2007-06-18
_
Pólo III da Trienal inaugura amanhã 2007-06-14
_
Concurso Médio Tejo em exposição itinerante 2007-06-13
_
Conferência de Siza Vieira no CCB 2007-06-12
_
Itinerário do Sal na Gulbenkian 2007-06-10
_
Pólo II da Trienal inaugura hoje 2007-06-10
_
Diogo Seixas Lopes na Conferência Internacional 2007-06-08
_
Saskia Sassen na Conferência Internacional 2007-06-05
_
Mark Wigley na Conferência Internacional 2007-06-03

links

_
Trienal de Arquitectura de Lisboa
_
Trienal Flickr Pool
_
OASRS
_
OASRN
_
Arquitectos.pt
_
Road to Wonderland
_
Galeria Luís Serpa
_
Kubik Lisboa
_
Cultour
_
Arquitectura.pt
_
Portal Vitruvius

tags

todas as tags

 

arquivos / archives

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

artigos recentes / recent posts

Inner City em exposição a...

Exposição Siza Vieira pro...

Álvaro Siza no Museu da E...

Cordoaria Nacional

As muitas exposições da T...

Exposição Ideias D’Ouro

Exposição Países

email

trienal.blog@oasrs.org

blogger

Daniel Carrapa
RSS