Quinta-feira, 5 de Julho de 2007

Cordoaria Nacional

 

Prossegue no Cordoaria Nacional, Pólo II da Trienal de Arquitectura, a exposição “Áreas Metropolitanas – Século XXI”. Um grande espaço que oferece o retrato variado de projectos que diversas autarquias têm desenvolvido nas grandes áreas metropolitanas do país. Na sua enorme diversidade, traça-se o roteiro de intervenções qualificadas cuja dimensão pública tornou notáveis: requalificação de áreas ribeirinhas e espaços fabris, centros históricos, parques públicos, áreas periféricas e outras operações de escalas variáveis.

Complementarmente, apresenta-se o espaço “Promotores” e ainda a exposição “A Explosão da Cidade”, esta última dando a conhecer um vasto conjunto de transformações territoriais nos países da Europa do sul.

O Pólo II da Trienal está aberto até ao dia 28 de Julho.

 

 

 

“Metropolitan Areas – XXIst Century” is the main exhibition featured in Cordoaria Nacional, Pole II of the Lisbon Architecture Triennale. This presentation attempts to reveal a wide set of works and projects which municipalities and territory-managing entities are currently developing for expectant areas, the “urban voids” in the Metropolitan areas of Lisbon and Oporto.

Additionally, visitors can attend two complementary exhibitions: The “Promoters” space and “The Explosion of the City”; the last of which analyzes large-scale territorial transformations occurred in Southern Europe nations in recent years.

Pole II of the Triennale will be open until July 28th.

 

publicado por trienaldelisboa às 21:53
permalink | comentar
4 comentários:
De tiago costa a 8 de Julho de 2007 às 11:26
olá!

Sou finalista de arquitectura e tenho acompanhado na medida do possivel, mesmo à distância, através de blogs e artigos publicados, as actividades no âmbito da Trienal de Arquitectura, e notei, talvez por circunstâncias exteriores ao evento, que os jovens idiotas da arquitectura do futuro são esquecidos. Uma vez que uma exposição se dispõe a apresentar o presente e a espreitar para o futuro, porque não dar alguma importância ao que se faz nas universidades? Estudantes, inocentes, ambiciosos, cheios de certezas duvidosas, que têm nesta exposição um espaço para mostrar uma infima parte do que se discute num atelier de uma faculdade, a contemporaneidade ao seu mais alto nivel, e no entanto tão pouca visibilidade nos registos de divulgação! Parece que todos se esquecem de que um dia foram estudantes e investigadores a tempo inteiro, sem patrões e orçamentos, onde se podia discutir sem modéstia, se abrimos a barriga a uma pessoa, mesmo que no final essa mesma pessoa morra, ficamos sempre com sangue nas mãos, com o pensamento marcado e mais um passo dado.
Penso que se poderia dar mais visibilidade aos estudantes, aproveitar a projecção da Trienal de Arquitectura, e mostrar o que se discute, pensa, e ensaia nas escolas portuguesas.


De trienaldelisboa a 8 de Julho de 2007 às 17:00
Tiago, a Trienal é composta por um conjunto vasto de iniciativas que procuram oferecer um quadro abrangente da produção arquitectónica nacional e internacional. Uma dessas iniciativas tem exactamente o título de “Exposição Universidades”, patente no Pavilhão de Portugal. Esta exposição resulta do desafio lançado a um conjunto de 14 faculdades de arquitectura portuguesas sob o tema “Lugares em Espera”. Propôs-se aos alunos finalistas a realização de um projecto de intervenção cujo objecto incidiu sobre a grande área metropolitana de Lisboa, integrado na disciplina de Projecto de Arquitectura do último ano de formação académica. Os resultados desta competição estão presentes na exposição do Pólo I, tendo sido igualmente alvo de cerimónia pública de apresentação e entrega de prémio no valor de 12.500 euros. Outras iniciativas lançadas pela Trienal foram igualmente abertas à participação por parte de estudantes e finalistas de arquitectura, entre as quais o concurso Intervenções na Cidade e o Concurso de Ideias para a Requalificação do Estaleiro do Ouro e Zona Envolvente. (Daniel Carrapa)
De tiago costa a 9 de Julho de 2007 às 01:22
obrigado Daniel por teres respondido ao meu comentário/desabafo.
Tal como disse, eu acompanhei e acompanho, na medida do possível o evento. Prova disso é que participei no concurso sobre os "lugares em espera", e tenho trabalho exposto na exposição que referias, patente no Pavilhão de Portugal. Nesse aspecto tenho de dar os parabéns à organização pela oportunidade. Mas eu referia-me à visibilidade expositiva nos vosso meios de divulgação, como blogs, sites, e publicações físicas . Não estou a apontar um defeito, apenas lanço um palpite, de uma vertente a explorar, que como disse, é onde os laboratórios de discussão se iniciam, onde o confronto da experiência da docência se mistura com a frescura da discência . Todas estas iniciativas dinamizadoras são de aplaudir, e eu não deixo de o fazer, mas também servem para despejar ideias e pensamentos em cima das várias mesas disponibilizadas. Arquitectura não são só bonitas imagens, mas todos sabemos que são a primeira coisa que assimilamos, e com toda a projecção que o evento tem, achei pertinente deixar aqui neste espaço uma opinião, para, quem sabe, daqui a três anos a temática não possa recair sobre os laboratórios de pesquisa nas escolas.
Continuação de um óptimo trabalho.
De Anónimo a 10 de Julho de 2007 às 12:16
À excepção da monografia do Arquitecto Álvaro Siza, que bem poderia estar integrada noutro evento que sobreviveria de igual forma, tudo o resto parece displicente e deixado quase ao acaso. Não querendo retirar algum mérito à organização as exposições não reflectem a seriedade exigida num evento que diziam ambicioso e que pretenderia obter retorno de outros pólos da sociedade. Mais uma vez os arquitectos fizeram de uma oportunidade única um monólogo egocêntrico e centrado apenas nas suas preocupações. E estas, à excepção das conferências, foram abordadas de uma forma constrangedoramente superficial.
A exposição do cordoaria é exemplo disso - excesso de informação disposta de uma forma quase aleatória. Ainda a forma como se cruzam as informações académica, provenientes de concursos e de arquitectos consagrados parece não ser benéfico para nenhum.

Comentar post


trienal de arquitectura de lisboa
lisbon architecture triennale

_
_

sobre / about

A Trienal de Arquitectura de Lisboa, a realizar entre 31 de Maio e 31 de Julho, pretende constituir-se como um “Festival” de arquitectura participado pela comunidade local para atrair um público internacional (mais informação em trienaldelisboa.sapo.pt).
O Blogue da Trienal dará uma cobertura actualizada e participada de todos os acontecimentos do evento.

_
The International Architecture Triennale of Lisbon 2007, happening between May 31 st and July 31 st, aims to become a ‘Festival’ of architecture, participated by the local community and able to attract an international audience (find more in trienaldelisboa.sapo.pt).

destaques / highlights


_

_
Vazios Urbanos / Urban Voids
Catálogo expositivo, Caleidoscópio.
Exhibition catalog, Caleidoscópio.

_

_

_
Espaço / Space
Música de Mário Laginha. Em concerto, Culturgest, 26 de Junho. CD já à venda.
Music by Mário Laginha. In concert, Culturgest, June 26th. CD out now.

notícias / news (pt)

_
Vittorio Gregotti recebe Prémio Trienal Millenniumbcp 2007-07-30
_
Encerramento da Trienal no exterior do Pavilhão 2007-07-27
_
Outdoors das Intervenções da Cidade já estão na rua 2007-07-27
_
Farol Museu de Santa Marta inaugura amanhã 2007-07-26
_
Cavaco Silva entrega Prémio Trienal Millenniumbcp 2007-07-25
_
Lisboscópio na Gulbenkian até 12 de Agosto 2007-07-23
_
Ordenamento do território em debate 2007-07-23
_
Exposição Siza Vieira prolongada até dia 9 2007-07-23
_
Arte Pura cancela apresentação 2007-07-19
_
Aires Mateus, Frederico Valssassina, Gonçalo Byrne e Nuno Mateus apresentam projectos imobiliários 2007-07-16
_
Princesa do Luxemburgo visita Trienal 2007-07-17
_
Projectos de empresas no Fórum Trienal 2007-07-16
_
Luca Barbero na Gulbenkian 2007-07-16
_
Conferência sobre Médio Tejo no Fórum Trienal 2007-07-16
_
Dia do Japão na Trienal 2007-07-14
_
Intervenções na Cidade no Fórum e na rua 2007-07-14
_
Trienal em Cascais 2007-07-13
_
Trienal grátis no dia 15 2007-07-12
_
Resultados Concurso de Ideias Galp 2007-07-06
_
Desertificação urbana no Fórum Trienal 2007-07-06
_
Livro de Rui Tavares no Lounge Trienal 2007-07-06
_
13 de Julho: Dia da França na Trienal 2007-07-05
_
Palestras brasileiras na Trienal 2007-07-03
_
Prémios e debates no Fórum Trienal 2007-07-02
_
Arquitectura virtual a 4 Julho 2007-07-02
_
A caminho do país das maravilhas 2007-07-02
_
Candidatos à CML visitam Trienal 2007-07-02
_
Visita à Trienal a partir do Porto 2007-07-02
_
Trienal promove visitas guiadas 2007-06-28
_
Uma Bolha de Neve no Pavilhão de Portugal 2007-06-28
_
Vencedores do Concurso Trienal Universidades 2007-06-27
_
Nunes Correia na Trienal de Lisboa 2007-06-27
_
Festa de Encerramento dos Encontros A&M 2007-06-26
_
Frentes de Coesão no Fórum Trienal 2007-06-26
_
Scape na Culturgest 2007-06-25
_
Frentes de Terra no Fórum Trienal 2007-06-21
_
Entrega dos prémios APDL 2007-06-20
_
Fórum Trienal inaugura hoje 2007-06-20
_
Paulo Mendes da Rocha na Trienal 2007-06-19
_
Teatro, música, cinema e conferências no Dia da Irlanda 2007-06-18
_
Rafael Toral na Gulbenkian 2007-06-18
_
Resultados Concurso Núcleo Universidades 2007-06-18
_
Visitas guiadas à Trienal 2007-06-18
_
Candidatos à CML visitam Trienal 2007-06-18
_
Pólo III da Trienal inaugura amanhã 2007-06-14
_
Concurso Médio Tejo em exposição itinerante 2007-06-13
_
Conferência de Siza Vieira no CCB 2007-06-12
_
Itinerário do Sal na Gulbenkian 2007-06-10
_
Pólo II da Trienal inaugura hoje 2007-06-10
_
Diogo Seixas Lopes na Conferência Internacional 2007-06-08
_
Saskia Sassen na Conferência Internacional 2007-06-05
_
Mark Wigley na Conferência Internacional 2007-06-03

links

_
Trienal de Arquitectura de Lisboa
_
Trienal Flickr Pool
_
OASRS
_
OASRN
_
Arquitectos.pt
_
Road to Wonderland
_
Galeria Luís Serpa
_
Kubik Lisboa
_
Cultour
_
Arquitectura.pt
_
Portal Vitruvius

tags

todas as tags

 

arquivos / archives

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

artigos recentes / recent posts

Agradecimento

Outdoors das Intervenções...

1ª Trienal de Arquitectur...

A Trienal em imagens

Trienal encerra com “Luga...

Vittorio Gregotti vence P...

Prémio Carreira Internaci...

Debate Intervenções na Ci...

Inner City em exposição a...

Exposição Siza Vieira pro...

Fórum Trienal debate orde...

Lisboscópio

Dia do Japão

Lisboscópio na Gulbenkian

Intervenções na Cidade vã...

Dia da França na Trienal

Palestras Brasileiras – V...

Dia da França

Álvaro Siza no Museu da E...

Cordoaria Nacional

Palestras Brasileiras

Novos Caminhos no Fórum T...

Grupo da Trienal de Arqui...

Encontros Arquitectura e ...

Fórum Trienal na Cordoari...

Paulo Mendes da Rocha

Dia da Irlanda na Trienal

Conferência com Paulo Men...

As muitas exposições da T...

A cidade como arquitectur...

Música na Trienal

Conferência de Siza Vieir...

Elizabeth Diller – High L...

Sons no Espaço

Agenda da semana

As Operações SAAL

Arquitectura e Música

Casa das Histórias e Dese...

Mark Wigley – Void Set

Road to Wonderland

Exposição Cascais XXI

Conferência Internacional...

Conferência Internacional...

Conferência Internacional...

Começou a Trienal

A Trienal vai começar

Espaço

Conferência Internacional...

Semana de abertura

Já só faltam 3 dias

email

trienal.blog@oasrs.org

blogger

Daniel Carrapa
RSS